Meu Carrinho 0 itens

Dororo Vol. 01 (Osamu Tezuka)

Passe o mouse para ampliar

Mais Visualizações

Dororo Vol. 01 (Osamu Tezuka)

No catálogo desde: 14/10/2010

Seja a primeira pessoa a avaliar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$24,90

Descrição Rápida

Dororo Vol. 01 (Osamu Tezuka)

Detalhes

Vencedor do prêmio Will Eisner, chega no Brasil um dos mais importantes trabalhos do pai dos mangás: Osamu Tezuka. Ambientado no Japão Feudal, Dororo é uma história de aventura e suspense, com toques de terror. Daigo Kagemitsu, vassalo de um general samurai oferece a 48 demônios 48 partes do corpo de seu filho que ainda não nascera, pedindo em troca o domínio sobre o Japão. O bebê nasce frágil sem partes importantes de seu corpo, e é logo atirado a um rio, de onde é resgatado por um curandeiro que lhe faz próteses e lhe salva a vida. O menino cresce sob o nome de Hyakkimaru e descobre a respeito de sua maldição: cada demônio daqueles 48 que ele matar o trará de volta uma parte de seu corpo, e logo sua humanidade roubada. Ele parte em sua jornada sobrenatural junto a Dororo, um menino ladrão, por entre fantasmas e demônios. A história, originalmente publicada na antologia Shounen Sunday, rendeu a partir de 1967 4 volumes encadernados (que serão publicados pela NewPOP, na íntegra), um animê de 26 episódios em 1969 e um recente filme em live action, de 2007. Sobre o autor Osamu Tezuka é o “divisor de águas” da história do mangá e do animê. Nascido na cidade de Osaka em 1926, filho de uma família de classe média, durante seus mais de quarenta anos de carreira, Osamu Tezuka virou um símbolo por ter passado seus últimos anos de vida lutando para elevar o mangá, que antigamente era visto como entretenimento de criança, a um patamar em que agradasse leitores de todas as idades. Ao longo dos anos, escreveu mais de 150 mil páginas, divididas em 600 títulos e 60 trabalhos de animação. Tezuka morreu em 1989, deixando um legado eterno para todo o mundo.

Informações Adicionais

Fornecedor NewPOP Editora

Etiquetas de Produto

Use espaço para separar as tags. Use aspas simples (') para frases.