Meu Carrinho 0 itens

E Depois

Passe o mouse para ampliar

Mais Visualizações

E Depois

No catálogo desde: 16/05/2012

Seja a primeira pessoa a avaliar este produto

Disponibilidade: Em estoque

Preço Normal: R$49,00

Preço Promocional R$39,20

Você economiza: R$9,80 (20%)

Descrição Rápida

E Depois

Detalhes

Na literatura de Natsume Soseki não há lugar para “Era uma vez...”, ao menos não para aquele tipo fadado a um final feliz idealizado e moralizante. Mais provocação que conclusão, E depois (Sorekara, em japonês) sugere desde o título um questionamento diante do presente, como se estivesse desde a primeira linha à frente de seu tempo. Publicado em 1909, o romance põe em xeque valores da sociedade japonesa do início do século XX e em qualquer tempo e lugar. Esse voltar-se do sujeito para si faz da obra de Soseki uma das fundadoras do romance moderno no Japão e de E depois, considerado o primeiro romance psicológico do autor, talvez o maior representante do estilo que marcará seus últimos trabalhos. Por meio de uma linguagem direta e econômica e de estrutura compacta e analítica, o leitor adentra o universo de Daisuke Nagai. Solteiro de 30 anos, bancado pelo pai abastado, ele rejeita qualquer possibilidade de enquadrar-se. Daisuke é um típico dândi, sensível, inteligente, vaidoso, frequentador das altas rodas, grande apreciador das artes e das gueixas. A visão crítica que tem de tudo o que o cerca, no entanto, está longe de torná-lo um rebelde padrão, tampouco sem causa. São muitas as causas e razões desse protagonista, como revelam suas digressões mordazes. Historicamente, o romance reflete as transformações provocadas pela Restauração imperial Meiji, iniciada em 1867. Nessa época, o Japão era ainda um país periférico que visava igualar-se às grandes potências. Para Daisuke, esse desejo resulta em uma nação preocupada em esconder suas mazelas, ainda que sob uma inclinação de abertura para o Ocidente. Herói às avessas, Daisuke carrega um incômodo permanente numa vida repleta de comodidades, uma vivacidade colocada sempre em dúvida por sua hipocondria. Embates que trava mais em sua interioridade do que com o mundo. Contestações que poderiam até passar despercebidas se ele não insistisse em recusar as pretendentes sugeridas pela família. Aquio amor não é mote para sentimentalismos, mas o combustível de um homem decidido a romper padrões. E depois...

Informações Adicionais

Fornecedor Escala

Etiquetas de Produto

Use espaço para separar as tags. Use aspas simples (') para frases.