Will Eisner - Um Sonhador nos Quadrinhos

Passe o mouse para ampliar

Mais Visualizações

Will Eisner - Um Sonhador nos Quadrinhos

No catálogo desde: 29/08/2013

Seja a primeira pessoa a avaliar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$59,90

Descrição Rápida

Will Eisner - Um Sonhador nos Quadrinhos

Detalhes

Biografia do quadrinista Will Eisner, criador do personagem Spirit e do termo “graphic novel”, faz um retrato da evolução do cartunista e da arte que ele ajudou a criar: os quadrinhos Com mais de 50 anos de carreira, personagens marcantes como o detetive Spirit, e ideias que revolucionaram a forma de contar histórias em quadrinhos, Will Eisner foi um pioneiro que alçou as HQs ao status de “nona arte”. Não é à toa que a principal premiação internacional para esse tipo de publicação leve seu nome, o Eisner Award. A biografia Will Eisner: um sonhador nos quadrinhos, escrita por Michael Schumacher, traça a longa trajetória de vida, arte e trabalho desse cartunista que fez das ruas de sua Nova York um rebuscado mundo de paixões, frustrações, alegrias, medos e experiências. Schumacher teve acesso ao arquivo pessoal de Will Eisner (que morreu em 2005, aos 87 anos) e falou com várias pessoas que trabalharam e conviveram com ele, entre colegas de trabalho, admiradores, amigos e parentes (incluindo sua esposa, Ann). Com as informações reunidas, que incluem imagens de Eisner e de alguns de seus principais trabalhos, a biografia faz um retrato pessoal, profissional e artístico do cartunista, e também da evolução da forma de contar histórias que ele mais amava: os quadrinhos. Eisner precisou começar a trabalhar cedo, aos doze anos de idade, para ajudar a família durante a Grande Depressão de 1929. Para tristeza da mãe, Will sabia desenhar, coisa de vagabundo, na época. Nessa fase de aprendizado, projetos frustrados e pouco dinheiro, ele trabalhou com artistas que pouco depois fariam história como ele, como Bob Kane (Batman) e Jack Kirby (Capitão América, Thor, Hulk, X-Men). Quando chegou à maioridade, pouco antes de estourar a Segunda Guerra Mundial, montou um estúdio próprio. Nem mesmo se abalou quando dispensou uma criação da dupla Jerry Siegel e Joe Shuster, que lhe pediu a história de um sujeito com grandes poderes e roupa colante (Super-Homem). Pouco depois, criou o detetive Spirit, que revolucionou os quadrinhos com seu visual rebuscado, enquadramentos de cinema, roteiros sofisticados e muito humanos. Will Eisner: um sonhador nos quadrinhos também trata de um dos períodos menos conhecidos da carreira do artista, os vinte anos que desenhou e editou manuais educativos para o Exército. Isso se deu com o fim das histórias do Spirit, em 1952. Eisner ainda acreditava no potencial artístico

Informações Adicionais

Código Identificador (SKU) 19888
Editora Globo

Etiquetas de Produto

Use espaço para separar as tags. Use aspas simples (') para frases.